Passeios Temáticos

Nos Passeios Temáticos vamos desvendar alguns dos segredos da natureza!

A ciência tem vindo a fazer descobertas fascinantes sobre a inteligência, os comportamentos e as adaptações das plantas, animais e fungos. Vamos partilhar convosco estas descobertas e dar a conhecer as relações profundas que unem todos os seres vivos.

 

Vamos também falar sobre a importância que muitas destas espécies tiveram para o homem ao longo do tempo.

Algumas espécies têm sido utilizadas pelas suas propriedades medicinais e culinárias. Outras inspiraram lendas, mitos e crenças populares, histórias que foram passadas de geração em geração. Todas elas têm muito para nos ensinar e inspirar!

Árvores Inteligentes e Sagradas

A vida humana sempre esteve intimamente ligada às árvores.

Delas dependíamos, e em grande parte ainda dependemos, como fonte de alimento, abrigo, luz, medicamentos e de tantos outros produtos essenciais à vida e ao bem-estar. Reconhecendo a sua importância, muitos povos antigos atribuíam um carácter sagrado às árvores, vendo-as como manifestações do divino e como elos de ligação com o mundo espiritual.

Mais recentemente, diversas descobertas científicas têm desvendado as formas como as árvores comunicam e cooperam entre si, uma comunicação subtil que nos passou despercebida durante muito tempo. A ciência tem também revelado os segredos da maravilhosa rede de relações que as plantas estabelecem com os animais e os fungos nas florestas.

 

Neste passeio, vamos partilhar convosco estas descobertas fascinantes e as histórias das árvores e outras plantas do bosque da Peninha! Teremos também tempo para fazer alguns momentos de silêncio, de modo a sentirmos de forma mais próxima a vida desta floresta.

Ponto de encontro:

Parque de estacionamento do Santuário da Peninha, Serra de Sintra

Duração: 3h30min

Extensão: 5 km

Dificuldade: Fácil (Nível 1)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 8 aos 17 anos - 10

Nº mínimo de participantes: 5 

 máximo de participantes: 20

Segredos do Jardim Romântico de D. Fernando II

Este passeio dá a conhecer as histórias da paisagem romântica criada pelo rei D. Fernando II na Serra de Sintra, da qual fazem parte o Parque da Pena, o Castelo dos Mouros e a floresta em seu redor.

 

Subindo o Caminho de Santa Maria até ao Castelo, vamos desvendar os segredos e as lendas das plantas desta floresta. Vamos também conhecer a história do Castelo dos Mouros, construído durante o período de ocupação muçulmana e restaurado pelo rei D. Fernando II no século XIX.

 

Seguiremos depois para o Parque da Pena, um maravilhoso jardim romântico, especialmente concebido por D. Fernando II para despertar os sentidos, as emoções e a imaginação. Vamos explorar os recantos secretos deste jardim e partilhar convosco as histórias das suas árvores centenárias e plantas exóticas, provenientes dos quatro cantos do mundo. Após a visita ao Parque da Pena, regressaremos por trilhos no interior da floresta à Igreja de Santa Maria.

Nota:  O passeio decorre no Parque da Pena e em trilhos florestais, incluindo a área de acesso livre do Castelo dos Mouros (muralha exterior e Centro Interpretativo da Igreja de São Pedro de Canaferrim). 

O preço do passeio inclui o bilhete de entrada no Parque da Pena.

Não inclui visita ao interior do Palácio da Pena e ao interior do Castelo dos Mouros.

Ponto de encontro:

Casa Info Parques de Sintra

R. Bernardim Ribeiro, 2715 Sintra

Duração: 5 h

Extensão: 6 km

Dificuldade: Moderada (Nível 2)

Preço normal: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 10 aos 17 anos - 12

Preço reduzido (Munícipes de Sintra): 

Adultos - 10

Crianças e jovens dos 10 aos 17 anos - 5

Nº mínimo de participantes: 7

 máximo de participantes: 20

Segredos da Primavera em São João das Lampas

As flores sempre nos encantaram com a sua beleza e diversidade de cores, formas e aromas. Para Darwin, o surgimento e rápida evolução das plantas com flor era um insondável mistério! Grandes e com cores vivas, ou pequenas e delicadas, durante a sua vida breve as flores tudo fazem para atrair os animais polinizadores que as irão ajudar na reprodução.

As plantas com flor e os seus polinizadores evoluíram em conjunto.

Por esse motivo, usam diversos meios muito engenhosos e inteligentes para comunicarem entre si! A ciência tem vindo a desvendar os segredos desta comunicação, que se realiza através das cores e formas, químicos libertados para o ar e até sons e campos elétricos!

Neste passeio, vamos partilhar convosco algumas destas descobertas maravilhosas que revelam muito sobre a inteligência das plantas e animais. Vamos também dar a conhecer os segredos das flores silvestres e das outras plantas que habitam os campos em redor de São João das Lampas, a Ribeira da Samarra e a Ponte Romana de Catribana.

Ponto de encontro:

Igreja de São João das Lampas

Avenida Central, 2705-737 S. João das Lampas

Duração: 5 h

Extensão: 6,5 km

Dificuldade: Moderada (Nível 2)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 10 aos 17 anos - 10

Nº mínimo de participantes: 5

 máximo de participantes: 20

As Árvores Centenárias do Parque de Monserrate

O Parque e o Palácio de Monserrate foram criados no século XIX por Sir Francis Cook, comerciante de têxteis e colecionador de arte inglês, como residência de férias da família. O Parque é um maravilhoso jardim romântico, povoado por uma grande diversidade de plantas nativas e exóticas, incluindo árvores centenárias, que apelam aos sentidos, aos sentimentos e à imaginação.

Neste passeio, vamos conhecer as histórias e as lendas das magníficas árvores centenárias deste jardim. Algumas espécies eram consideradas sagradas pelos povos antigos. Outras possuem propriedades medicinais e podem causar a morte ou salvar vidas. Existem também árvores que podem viver milhares de anos e guardam em si a sabedoria do tempo. A sequóia, a araucária-de-norfolk, os metrosíderos, os teixos e os carvalhos, entre muitas outras árvores, irão desvendar-nos os seus segredos.

Seguiremos depois para uma visita ao interior do Palácio de Monserrate, cuja arquitetura integra elementos da natureza e o gosto pelo exótico, combinando influências góticas, indianas e mouriscas.

Nota: O preço do passeio inclui o bilhete de entrada no Parque de Monserrate.

Ponto de encontro:

Bilheteira do Parque de Monserrate

Rua Barbosa du Bocage, 2710-405 Sintra

Duração: 3h30

Extensão: 3,5 km

Dificuldade: Fácil (Nível 1)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 8 aos 17 anos - 12

Nº mínimo de participantes: 7 

 máximo de participantes: 20

Histórias do Chalet e Jardim da Condessa d'Edla

O Parque da Pena é um maravilhoso jardim romântico, criado pelo rei D. Fernando II no século XIX. O jardim é povoado por uma grande diversidade de plantas exóticas que nos convidam despertar os sentidos e as emoções, levando-nos a viajar para paisagens distantes na nossa imaginação.

Neste passeio, vamos conhecer o Chalet e o Jardim da Condessa, que foram concebidos no Parque da Pena como espaços privados e de refúgio de D. Fernando II e da sua segunda esposa, a Condessa d’Edla. A Condessa partilhava da paixão e do entusiasmo de D. Fernando pelo Parque da Pena, pelo que colaborou nas plantações e embelezamento do jardim e ficou para sempre ligada a este lugar.

 

Vamos também partilhar convosco as histórias do Parque da Pena e de algumas das suas plantas mais emblemáticas, num percurso que passará por vários miradouros, incluindo a Cruz Alta, o ponto mais alto da Serra de Sintra.

Nota: O preço do passeio inclui o bilhete de entrada no Parque da Pena e Chalet da Condessa. Não inclui visita ao interior do Palácio da Pena.

Ponto de encontro:

Portão dos Lagos no Parque da Pena

Estrada da Pena, 2710 Sintra

Duração: 4h30min

Extensão: 5 km

Dificuldade: Moderada (Nível 2)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 8 aos 17 anos - 10

Nº mínimo de participantes: 7 

 máximo de participantes: 20

Capuchos, os Guardiões da Natureza

Este passeio irá levar-nos a um lugar muito especial na Serra de Sintra, o Convento dos Capuchos e a sua mata relíquia. O Convento foi habitado por uma comunidade de frades franciscanos Capuchos, que abraçaram uma vida simples e contemplativa, vivendo apenas com os bens essenciais à sua sobrevivência, em comunhão com Deus e a natureza.

Fundado no século XVI, destaca-se pela sua extrema simplicidade e pela forma como está integrado na floresta, em perfeita harmonia com a natureza. Ficou também conhecido como Convento da Cortiça, pois muitos dos seus espaços e elementos decorativos encontram-se revestidos com cortiça.

Após a visita guiada aos espaços interiores do convento, percorreremos um trilho na maravilhosa mata que o envolve. A mata do convento foi acarinhada e protegida pelos frades ao longo dos séculos, o que lhe permitiu sobreviver à desflorestação e aos incêndios que causaram profundas alterações na Serra de Sintra. Esta mata relíquia é um dos raros exemplos da floresta primitiva da serra e preserva ainda árvores nativas centenárias e diversas plantas medicinais.

Nota: O preço do passeio inclui o bilhete de entrada no Convento dos Capuchos.

Ponto de encontro:

Bilheteira do Convento dos Capuchos

Colares, Serra de Sintra

Duração: 3 h

Extensão: 3 km

Dificuldade: Fácil (Nível 1)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 6 aos 17 anos - 10

Nº mínimo de participantes: 7 

 máximo de participantes: 14

Os Bosques Sagrados de Sintra

A Serra de Sintra foi considerada sagrada por alguns dos povos que a habitaram, como os celtas e os romanos, dando origem ao nome "Monte da Lua".

Estes povos antigos tinham uma relação muito próxima com a natureza e viviam em harmonia com os seus ciclos. Muitas espécies de plantas eram por eles consideradas sagradas e reconhecidas pelos seus poderes curativos.

Neste passeio, vamos desvendar o carácter sagrado da Serra de Sintra e das suas plantas. Partindo do maravilhoso bosque da Peninha, seguiremos por trilhos florestais para conhecer alguns dos mais bonitos bosques de cedros-do-buçaco da serra e um raro bosque de aveleiras próximo da aldeia do Penedo.

 

Ao longo do percurso, vamos partilhar convosco o significado sagrado e as propriedades medicinais que as culturas antigas atribuíam às árvores e outras plantas destes bosques. Teremos também oportunidade de fazer alguns momentos de silêncio para nos envolvermos de uma forma mais profunda e sentida pela floresta.

Nota: Este passeio não inclui visita ao Santuário da Peninha.

Ponto de encontro:

Parque de estacionamento do Santuário da Peninha, Serra de Sintra

Duração: 5h30min

Extensão: 8 km

Dificuldade: Moderada (Nível 2)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 12 aos 17 anos - 10

Nº mínimo de participantes: 7 

 máximo de participantes: 20

A Paisagem Romântica de Sintra

Neste passeio, vamos conhecer a biodiversidade e os encantos da Paisagem Cultural de Sintra, classificada como Património da Humanidade pela UNESCO.

Subindo o caminho de Santa Maria até ao Castelo dos Mouros, vamos partilhar convosco as histórias da Serra de Sintra e das magníficas árvores centenárias que fazem parte da sua maravilhosa floresta.

 

Vamos visitar a área exterior do Castelo dos Mouros e conhecer a história e as lendas deste monumento. O Castelo foi construído no século X, durante o período de ocupação muçulmana, tendo sido mais tarde restaurado por D. Fernando II, ao estilo romântico do século XIX.

Seguiremos depois por trilhos na floresta, onde encontraremos diversas plantas nativas e exóticas, algumas conhecidas desde tempos antigos pelas suas propriedades medicinais. Descendo a serra, iremos visitar os jardins e o exterior do palacete da Vila Sassetti, criada no século XIX pelo arquiteto Luigi Manini.

Ao longo do percurso, poderemos apreciar também vistas muito bonitas sobre as quintas e palacetes em redor da serra e a linha da costa.

Ponto de encontro:

Parque de estacionamento do Largo de São Pedro de Penaferrim, Sintra.

Duração: 4 h

Extensão: 6 km

Dificuldade: Moderada (Nível 2)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 10 aos 17 anos - 10

Nº mínimo de participantes: 7 

 máximo de participantes: 20

Descobrir a Natureza do Vale do Lizandro

O Lizandro é um maravilhoso rio, localizado no concelho de Mafra, com cerca de 30 km de extensão e vários afluentes, dos quais se destaca a Ribeira de Cabrela.

Neste passeio, vamos percorrer uma parte do vale do rio Lizandro, com início na bonita Capela da Nossa Senhora do Ó.

 

Seguindo por trilhos junto ao rio, vamos conhecer as histórias das árvores que fazem parte da vegetação ribeirinha, como os salgueiros, freixos, choupos e também várias plantas comestíveis e medicinais. Subiremos depois uma encosta do vale, de onde poderemos apreciar uma vista ampla sobre o rio Lizandro e os campos de cultivo.

 

Por entre pinheiros e carvalhos, encontraremos muitas plantas apreciadas pelos insetos polinizadores, como a esteva, a madressilva, a urze e a roseira-brava, com bonitas e perfumadas flores.

Ponto de encontro:

Capela de Nossa Senhora do Ó, Estrada da Senhora do Ó, 58, Carvoeira

Duração: 3h30min

Extensão: 5 km

Dificuldade: Fácil (Nível 1)

Preço: 

Adultos - 12

Crianças e jovens dos 9 aos 17 anos - 6

Nº mínimo de participantes: 7 

 máximo de participantes: 20

Descobrir a Natureza do Vale de Igreja Nova

Neste passeio, vamos partir de Igreja Nova e descer por um lindo trilho ao longo do vale, acompanhando uma parte da Ribeira da Mata, um dos afluentes do rio Lizandro. Aqui os carvalhos, choupos, salgueiros e freixos envolvem-nos na sua frescura e, no Inverno e Primavera, a tranquilidade do som da água da ribeira acompanha os nossos passos.

 

Subiremos depois o caminho para a Aldeia da Mata Pequena, com amplas vistas sobre o vale. A Aldeia da Mata Pequena é uma típica aldeia saloia cuidadosamente recuperada, onde as construções e os objetos tradicionais contam histórias de outros tempos. Descendo depois para a ribeira, seguiremos por um trilho na floresta até à centenária Fonte da Bica, junto à entrada da Aldeia da Mata Grande.

 

No regresso, vamos percorrer caminhos ladeados pela roseira-brava, estevinha, salsaparrilha, sanguinho-das-sebes e muitas outras plantas cheias de histórias e curiosidades para partilhar!

Ponto de encontro:

Pastelaria “7 é Diferente é Especial” 

Rua 25 de Abril, 33, Igreja Nova

Duração: 5 h

Extensão: 7 km

Dificuldade: Moderada (Nível 2)

Preço: 

Adultos - 15

Crianças e jovens dos 10 aos 17 anos - 10

Nº mínimo de participantes: 7 

 máximo de participantes: 20